GetaSecondLife

coisas que (me) aborrecem

A comunidade portuguesa até pode ter muitas qualidades mas os seus defeitos são mais que muitos. Um deles é aquele sentimento pateta que nos acontece quando viajamos para o estrangeiro e encontramos outros portugueses que fazem questão de não nos largar só pelo simples facto de vivermos no mesmo país à beira mar plantado. Vendo bem, um dos motivos pelos quais viajo é para conhecer outros locais e, obviamente, não fico delirante por encontrar portugueses no estrangeiro. Mas, estou a generalizar. Este sentimento é demasiadas vezes transposto para o SL acompanhado do de outros que tais.

Uma das grandes vantagens de haver uma comunidade portuguesa no SL é o facto de podermos comunicar com outros avatares na nossa língua materna. Ou melhor, eu, pelo menos, faço isso embora por esse SL se continue a ver vários atentados à língua portuguesa utilizando letras que nem sequer constam do nosso alfabeto.

Alguns dos maiores defeitos da tal da comunidade portuguesa são:

1. Adicionarem-nos como amigos assim que abrimos a boca (neste caso, assim que escrevemos qualquer coisa) só pelo simples facto de sermos portugueses. No meu perfil in-world, a única pista sobre a minha proveniência é o grupo Lisboa mas, em breve, até esse deixará de estar visível no meu perfil. Aqui há uns tempos, um fulano que adicionou-me do nada e depois começa a enviar-me IMs em que uma das primeiras perguntas foi ‘Posso ir ter contigo?’ ao que eu não respondi ‘Não…’ e o gajo ainda fica ofendido por eu não querer a companhia de um tipo que não conheço de parte alguma na privacidade do meu lar SL (?).

2. Os constantes TPs para a actividade que considero mais aborrecida do SL: ir a festas e/ou dançar em discotecas (quando a música nem sequer é boa). Além de a actividade em si ser desinteressante, não percebo porque é que diariamente recebemos mais do que um TP para a mesma festa. Ora bem, se o raciocínio lógico, não me falha, se não aparecemos com o primeiro TP, para quê insistir…? Se após 1 ano de SL e 238402795634726140 TPs nós nunca aparecemos para quê continuar a enviar vários por dia? Se após termos pedido para não nos enviarem TPs para quê continuar? A sério que não percebo…
Continuando a estória do fulano que mencionei no ponto anterior: nos dias seguintes a ter sido adicionada, ele começa a enviar-me vários TPs para festas. Ao fim de uns dias disto, envio-lhe IM a dizer que não frequento festas e que não gosto de TPs. O primeiro comentário dele é ‘Até parece que enviei muitos…’, ao que eu respondo que mais do que um é muito para mim. A resposta do gajo foi que não tinha paciência para o meu comportamento (!?) e a minha resposta foi ‘Idem’ e mute list com ele.

3. Os constantes convites para grupos que pouco ou nada me interessam. O cúmulo foi conhecer um fulano que estava lá na ilha que, além de me adicionar como amiga assim sem mais nem porquê, em seguida me convida para um grupo que obviamente não aceitei. Adivinhem o que aconteceu a seguir: apaguei o tal do fulano da minha lista assim como fiz o mesmo ao cartão de visita.

O problema deve ser, concerteza, meu. Sou eu que sou diferente… Devo ser a única que não está para aturar amigos não solicitados e muito menos TPs para actividades desinteressantes. Eu tenho aceite os pedidos de amizade para não ter que me aborrecer com o filme normal seguinte de me perguntarem porque é que recusei. Note-se que as adições que me aborrecem mesmo são aquelas que aparecem do nada, de pessoas que não faço puto de ideia quem sejam e sem quer uma linha em IM a dizer qualquer coisa como ‘Estou a adicionar-te porque…’ Desde que a pessoa me diga que me conhece daqui ou dali, fica na minha lista de amigos.

E, relativamente aos pontos acima, garantidamente que a próxima vez que abrir o SL vou apagar mais uns quantos da lista de amigos e os respectivos cartões de visita além de receberem um último IM meu a explicar o porquê de irem parar à lista do mute.

Ah… e comunidade portuguesa é uma expressão muito lata porque, sinceramente, ainda não percebi se, de facto, existe uma.
Obviamente que, após este post, vou continuar a ser apelidada de snob, petulante, etc e tal.

  • Miguel Yesheyev

    LOL que mau feitio! (coberta de razão, diga-se). A tua história (estória ainda me causa arrepios lol) é um bocado a minha na RL. Há já alguns anos que ando por esse mundo fora e, numa das paragens, fui forçado a dizer a um colega de trabalho que a única coisa que tínhamos em comum era o passaporte… Daí em diante fui, por assim dizer lol, algo proscrito da “comunidade”! lol

    Na SL, algo mais do mesmo, como já deves ter reparado. Se há, por um lado, pessoas com as quais terei algo em comum ou pontos que permitem uma ligação, o mesmo não se passa com muitas outras pessoas (e vice-versa). Quanto aos convites, desapareceram por completo e não foi necessário dizer nada! Ao fim de “n” convites sem nunca aparecer, parece-me que acabou por resultar (ou terá sido de ter limpo a lista de contactos? lol).

  • Miguel, o raio dos TPs não páram diariamente embora eu nunca apareça. Ainda por cima, os TPs aparecem no local onde tenho os camera controls e os movements controls e só atrapalham.
    Sim, tenho mau feitio… (ainda não sabias?) Ou secalhar, não. Digo as coisas tal e como elas são e não estou para aturar faltas de respeito porque, para mim, é uma falta de respeito não perceberem que estão a incomodar após eu ter deixado claro que não gosto de TPs.
    Bolas, já escrevem milhentos posts sobre isto! Será que as pessoas andam a ler os blogs errados…?

    Pelo menos, estória só tem caracteres do alfabeto português. 😉

  • /me assina por baixo. Não tenho a mais pequena paciência para os TP’s seguidos. Deveria bastar uma pessoa recusar uma vez e chegaria para a mensagem ser percebida, mas não. Não é só a comunidade portuguesa, de qualquer forma. Tenho vários brasileiros e brasileiras muted nos meus contactos à conta dos TP’s seguidos
    VEM PRA FESTAAAAAAAAAAAAA!
    ESTÁ ESQUENTANDUUUUUUUUUUUUUUU!
    ESTÁ FERVENDUUUUUUUUUUUUUUUUU!
    (decline, decline, decline, decline, decline, um inferno)

    Em compensação, tenho verificado que só oferecem “amizade” (oferecem a grande maioria das vezes na primeira conversa sim) depois de conversarmos um bocado com elas/eles.

    Quando às festas, nada contra e acho até que será uma actividade muito divertida e animada para quem as frequenta. Eu, sinceramente, não tenho a menor paciência para ter ali a boneca estacionada e levar com lag em cima e berrar YHAHHHHHHHHH e OHYEAHS, mas admito perfeitamente que seja uma questão geracional. Tive a minha conta de anos e anos de noites RL, portanto aquilo a mim não me diz nadinha. Além disso, como estou sempre a fazer várias coisas ao mesmo tempo, no SL (e muitas vezes fora dele), o lag e a lentidão que causa ao pc só me aborrece.

    Mas devo dizer que, tirando um ou outro dia pior, actualmente não se compara a seca dos TP’s com o que era antes. Provavelmente por ter dado também uma enorme limpeza à minha lista de contactos.

  • Portanto, tenho que dar uma limpeza na minha lista de amigos… Ou escolher melhor as pessoas com quem me dou!

    Um TPzito assim do nada de um amigo que não vimos há imenso tempo até pode ser catita. Friso, de um amigo chegado com quem privamos.

    E as conversas (des)interessantes que se passam nas festas… Uma festa pode ser algo engraçado se estivermos com os nossos amigos.

  • Leilah Nishi

    Oh as alegrias de ter uma lista de amigos canininha, canininha LOL. Confesso que estas coisas também me tiram do sério, ser adicionada sem dá cá aquela palha, sem trocar um simples ‘Olá, tudo bem?’. E os groups chats e TPs constantes, bem já não sofro disso, porque a lista de amigos é canininha, canininha 😀 e as slots para grupos estão todas completas 😀 .
    Mas compreendo a tua situação e acho que nestas alturas mais vale ser curta e grossa: é mute logo e nem há cá batatinhas.
    Quanto às festas no SL, há tanta coisa gira para fazer na grid e vai-se perder tempo parada num sítio a ouvir música posta por outros? BAH! Explorem o botão de search e arranjem mais que fazer!

  • /me procura as regras da netiqueta.

    Ah! Cá vai um link sobre um texto que escrevi sobre o assunto há anos atrás: http://gwynethllewelyn.net/2006/05/06/remember-the-human-being/

    Mas tb. tinha uma apresentação sobre o mesmo assunto. Isto nos tempos em que a Linden Lab nos pagava L$500 por cada “aula” que dávamos aos pobres newbies… e sempre achei que explicar-lhes como se devem comportar num mundo virtual não lhes fazia mal nenhum, mesmo que não concordassem com as ditas regras (que, curiosamente, são um protocolo da Internet).

    Seja como for, nem sequer acho que os portugueses sejam melhores ou piores que os outros nesse aspecto, eu recebo pedidos de TPs de toda a gente, de todas as partes do globo, assim como spams de notecards, IMs, group notices… os portugueses apenas copiam o pior destas práticas.

    Depois quanto às comunidades portuguesas no SL… bom… mmmh… não, não vou comentar, senão deitam-me à fogueira 😉

  • Leilah,
    Subscrevo! Sempre adorei aquele botão do search.
    A minha lista vai ficar tão mais pequena daqui a uns minutos… 😉

    Gwyn,
    os gajos pagavam…? Ora, bolas, entrei mesmo tarde no SL.
    Agora a sério, acho que essas aulas deveriam continuar a existir e, mais, deveriam ser obrigatórias quase como não permitissem a passagem ao próximo nível no SL caso não as tivesse frequentado (não saindo da OI, por exemplo). No entanto, ele há coisa que nem todos possuem (aparentemente, um bem raro) chamado bom senso e daí estas situações que todas as noites em IM comentamos.

    Subscrevo na íntegra as regras da etiqueta (ou bom-senso e educação).

  • Gywn, que post giro. O exemplo da “Jane Doe” é bestial. Quanto ao pdf. acho que até o podíamos pendurar algures num post só para ele. :DDD Excelente.

  • Não és a única Ana, não és não! 🙂

  • Pobre Patinha! 🙂

    Pelo menos, já não me sinto tão sozinha. E já percebi que não é só e apenas um ataque de mau feitio.

  • E você não falou das cantadas!!! Como se fosse obrigatório fazer sexo com todos os gajotares na SL, só por ser uma avatara! Uma vez disse pra um deles que se eu aceitasse todos os convites recebidos não faria outra coisa inword! (lol). A este respeito fiz uma vez umas tirinhas com uma conversa surrealista, mas engraçada. http://www.patinha-babii.eu/?p=5

  • Miguel Yesheyev

    Esse expressão é demais Patinha… “gajotares”? ahahhahahahahahah A conversa que deixaste em BD no teu blog é algo comum. LOL. A minha fase inicial em SL foi algo “surrealista” lol.

  • ElectroescadaS

    Eu não tenho a minima pachorra para pedidos de amizade. Normalmente recuso-os todos e “peço desculpas às pessoas que me fazem esse tipo de pedidos”…

    Não quero ter uma lista de “amigos” só para dizer aos “amigos” que tenho 50 milhões de “amigos”…

    Por isso não estranhem, o Electro é mesmo assim (é por isso que um dos grupos que tenho é “Sou Anti-Social)… 😛

  • Boa, ElectroescadaS! Eu sigo um conselho que me deram uma vez: aceitar e depois apagar as pessoas…

    Tu acreditas que já me aconteceu recusar e depois as pessoas pedirem-me justificações pelo facto de eu facto recusado? o.O
    Santa paciência (que eu não tenho)!

    RL ou SL – sou demasiado honesta e frontal e há quem não goste. (Temos pena!)

  • ElectroescadaS

    Olá Ana eu também já fui assim mas como sou de extremos peço desculpa mas não aceito…

    Até muitos do amigos virtuais que tinha/tenho (alguns até de Portucális) os removi da lista pessoal…

    Se te disser que a minha lista está reduzida entre 5 a 10 avatares acreditas?

    Prefiro ir aos sítios e falar com as pessoas… 😉

  • Acredito! Eu, ao contrário, tenho uma lista enorme que, recentemente, foi drasticamente reduzida. Muitas das pessoas que tenho na lista são de situações relativas a trabalho no SL embora fale com elas, às vezes, uma vez por mês.

  • Ana, andas a seguir conselhos de gente duvidosa e muito antipática LOLOLOLOLOLOL nem sei quem será essa gaja que te dá desses! 😉

    Electro, tens que ir ler os posts já escritos sobre esse assunto dos amigos 😀

  • ElectroescadaS

    Vou fazer assim que achar o tópico… 😀

  • Tu… (Cat!) LOL!

    Electro, este é praí o 4º ou 5º post sobre esta temática. Suspeito que seja uma questão de iliteracia informática…

  • Eu sei, eu sei …:DDD *blushes*

  • ElectroescadaS

    Adorei a nossa conversa com a Mermaid e a outra moça dujo nome não fixei Cat, thanks…