GetaSecondLife

WindLight

Aparentemente, os meus posts sobre o WindLight estão a tornar-se populares por aqui. Aproveito e mostro-vos como tenho a opção de gráficos no menu das preferências:

WindLight settings
Se pretenderem utilizar as opções de gráficos no máximo (como tenho) certifiquem-se que a vossa placa gráfica, processador e memória RAM aguentam. Caso contrário, terão uma experiência de SL muito penosa.

O giro é que ainda se pode brincar com as imagens em editores de imagem e obter resultados diferentes:
SL-100Limite000033

Um dos programas de edição de imagem mais popular no SL por ser gratuito é o GIMP que já vai na versão 2.4.4 e podem obtê-lo aqui. Para quem não se entende de todo com programas de edição de imagem pode brincar com as funções grátis disponibilizadas pela Picnik.
SL-100Limite000031-blog

Aproveitem e adicionem as vossas fotos do SL ao grupo flickr SL Portugal.

Dicas:
Optimising Windlight for Avatars | Client Tips and Windlight Viewer 18.6.76886
First Look: WindLight Information Hub -wikipedia-

  • Tenho que ver isso lol, mas no máximo fica muito lentooooooooo.
    E ese Picnik tem mesmo bom aspecto!

  • Lento…? Não achei.

    O meu grande problema com o WindLight é ter que aprender a controlar a iluminação para poder tirar boas fotografias. Até agora tenho tirado várias para aproveitar uma ou duas. Tenho que criar um esquema de céu que tenha a iluminação que pretendo e que funcione em Sunrise.

  • Vocês devem ter PCs com gráficas topo de gama para as fotos terem essa qualidade toda… :s

  • Nem por isso… A minha gráfica é boa mas não é topo de gama.

    De qualquer modo, há várias formas de obter boas imagens no SL e com um bom tratamento posterior consegues excelente qualidade de imagem.

    Qual é o tamanho de imagem que guardas no disco?
    Eu sugiro, no mínimo, 1600 por 1200.

  • Jao Markstein

    um dos factores que para mim mais interfere com a velocidade é mesmo o draw distance… se eu subo acima dos 128, já começo a sentir a experiência “penosa”.
    Por isso, só quando quero tirar fotos, e já tenho o enquadramento certo, é que vou ao máximo.
    Quanto à iluminação, consegues posicionar o sol dentro das opções “advanced sky” e dando a orientação e a hora do dia (no cliente normal é bastante mais fácil, sim )

  • É, de facto, o draw distance que mais pesa. 🙂
    No SL o que nos acontece quando visitamos um sítio é o nosso computador imediatamente fazer o download de todo o cenário para o podermos visualizar do nosso lado. Daí o SL, em si, não ser muito pesado. Na prática, é só mesmo um clt que nos mostra o cenário mas não tendo o cenário incorporado em si.
    A função da placa gráfica é desenhar o cenário. Para isso, precisa do auxílio de um bom processador (ou dois) e memória RAM adequada àquilo que pretendemos.

    Acrescentei no post uns links bem porreiros com dicas para o WindLight.