GetaSecondLife

Dúvida existencial

Quando os servidores saturam e os meninos-armados-em-deuses fecham os logins… não era suposto haver privilégios de entrada para quem tenha contas Premium ?

Tou só a perguntar. Porque tenho ideia que isso era suposto acontecer. E NÃO está a acontecer de certezinha.

Ah… e ó faxavor, alguma alma caridosa que lhes ofereça mais uns servidorzinhos, sim ? Coitados, pelos vistos não estão a aguentar o tráfego resultante das temperaturas polares que assolam essa Europa fora.

  • Não é suposto não. Deveria mas não é. O Prokofy Neva já se fartou de berrar com isso…

  • Hum… Andam a limitar os logins?
    Mas antigamente não havia akela cena de remeterem o Avatar para outro simulador vizinho, se o server de entrada estiver congestionado?
    Que raio de arquitectura anda a Linden Lab a inventar? LOL

  • M2

    Sempre que é ultrapassada a barreira dos 75000 utilizadores (e isto tem acontecido muito nos últimos dias), coloca-se o problema dos logins e vários outros problemas inworld, como por exemplo dos teleportes. Fazer um teleporte nestas situações é quase meio caminho andado para um crash e depois para a impossibilidade de voltar a entrar.

    Não sei se será ‘justo’ impedir a entrada a não-pagantes, mas o que não tenho dúvidas que seria (e o Prokovy também está farto de falar nisso) é acabar de vez com os bots e os clones que são aos milhares.

  • Era uma ideia M2 limitar o acesso ao SL mas não sei se seria viável já que (não sei se estou a falar correcto) à partida não será só a LL a ganhar com tudo isto…

    Refiro-me claro a toda uma consequência de serviços que em conjunto com a LL ganhará com isso (digo eu)…

  • Limitar ou banir, não deveria ser o caminho.
    O caminho será criar capacidade, para responder às necessidades dos utilizadores.
    A meu ver não se trata de utilizadores, (pagos ou não), que prejudicam outros, mas sim deficièncias da grid que que não consegue acolher e servir as necessidades de utilização.
    Ter as bases de dados num sítio e os simuladores noutro, algum dia irá estoirar.
    -Até que ponto a abordagem “Quem paga, entra primeiro”, da Linden Lab, não irá encorajar mais gente a ter pagar?Assim sendo, esses congestionamentos de Login, poderão ser usados como Marketing, pela LL…

    Não tendo concorrência, a LL poderá fechar mais portas para obrigar a pagar. Muito provavelmente será isso o que vai acontecer…

  • *nods*

  • Olha que não sei em relação a concorrência, a SONY anda a fazer umas brincadeiras em algo parecido ao SL (parecido disse eu chamado de Playstation home – ps3 claro)

  • Bom, efectivamente existe essa prioritização de utilizadores pagantes, sim, desde Fevereiro de 2007, mas foi usada muito poucas vezes — só me lembro, na verdade, de ter visto isso uma vez em acção 🙂

    Seja como for, a LL quer acabar com os utilizadores Premium durante 2009, pelo que estar a insistir neste método de “exclusão” nesta altura seria totalmente irracional (não que isso os tenha impedido no passado…).

    Quanto à LL “fechar portas para obrigar a pagar”… naaah 🙂 Pensem nisto: com UM artigo no blog oficial da LL, esta perdeu, ao fim de um mês e meio, US$350.000 por mês. UM artigo. 🙂 Ora uma empresa que se pode dar ao luxo de “desperdiçar” esta quantidade de dinheiro com uma política (estou, claro, a falar dos openspace sims), de certeza que não se preocupa com “ninharias”…

    Quanto a eles estarem a fazer aumentos de capacidade na infrastrutura… fazem isso constantemente… a última é o anel de fibra entre todos os servidores que vai substituir a VPN que eles usam de momento entre os dois data centres (na Califórnia e no Texas, respectivamente). Ah, a propósito, Rui, eles não têm exactamente os servidores num lado e as bases de dados noutro; cada data centre tem a sua cópia das bases de dados.

    Infelizmente toda a grid é infinitamente complexa e não é uma questão de “atirar mais servidores ao barulho”, que seria o que faz, por exemplo, um administrador de sistemas quando um site Web já não dá resposta aos pedidos: faz-se uma cópia do conteúdo para um novo computador, e pronto, passa a ter-se o dobro da capacidade! O Second Life não funciona assim. Duplicar os servidores significa (pelo menos) oito vezes mais comunicações entre eles (cada sim comunica com outros 4) e isto tem um notável impacto na rede. Em compensação, redesenhar a arquitectura ajuda — mas mmmh isso significa fazer alterações enquanto a grid está de pé que podem não funcionar.

    Já não sei quem uma vez descreveu a complexidade da manutenção do Second Life da seguinte forma: imaginem que estavam num avião supersónico em queda livre, com um grupo de mecânicos automóveis (ou seja, que pouco percebem de motores de aviões) a tentar desmontar o motor por inteiro e a meter um novo lá dentro, tudo com canivetes suíços porque ninguém trouxe sequer uma caixa de ferramentas, isto enquanto estão agarrados do lado de fora do avião com fita adesiva a desprender-se, e o chão a aproximar-se cada vez mais vertiginosamente… nisto o motor ainda em funcionamento incendeia-se e descobre-se que não há pára-quedas a bordo. É mais ou menos assim que funciona a Second Life Grid 🙂

    Concorrência? Mmmh ninguém é suficientemente desvairado para sequer tentar fazer uma coisa parecida. As apostas neste momento são que a Sony vai descobrir com o Home a mesma coisa que a Google descobriu com o Lively. Além disso, o Sony Home não é um mundo contiguo, persistente, com conteúdo gerado pelos utilizadores: é um chatroom 3D com avatares fantásticos, ao nível dos do realXtend mas sem grande capacidade de personalização, e, sinceramente, quantas pessoas no mundo todo vão comprar uma PS3 por uns €500 para estar num mundo virtual em que só podem estar 16 pessoas no mesmo quartinho, por mais visualmente apelativo que seja?

  • Summer Wardhani

    Nada como uma resposta esclarecida, Gwyn, thanks :D… isso em termos práticos significa ke não só posso como devo mandar a minha conta Premium às urtigas ? assim como assim ela não serve pra nadinha, certo ?

  • Oh Summer, sabe-se lá o que os Lindens inventam, eu esperava mais umas semanas até eles dizerem o que é que vão fazer com os Premium accounts 🙂

    Mas não me parece que seja grande coisa…