GetaSecondLife

Rezz Day – Um ano de Second Life

cat-rezz-day.jpg

Há um ano, estava eu sentada numa bancada de betão a ler os jornais de fim de semana. O Público desse domingo, 5 de Novembro de 2006, trazia um enorme artigo do João Pedro Pereira sobre o Second Life, explicando o que era e com uma entrevista ao Eggy Lippmann.

Fiquei muitíssimo curiosa, cheguei a casa e, assim que consegui, inscrevi-me. Sem grandes hesitações em escolhas de nicks ou do que fosse, era só para ver como era. É sempre assim, clicar para ver como é, basta isso, um perigo, estas tentações nascidas da curiosidade: uns minutos depois estava completamente encantada. E agarrada, claro. O SL tem essa particularidade, de nos agarrar no primeiro momento.

Continuo a chamar-lhe “o” SL. Não é a Second Life, uma segunda vida, para mim. Não me faz sentido haver mais do que uma vida, é esta, tem muita coisa e, entre elas, tem o Second Life. Não é um jogo, embora pareça e muitos dos perigos do SL advêm dessa noção errada, de “ser só um jogo”. É como o “jogo da Bolsa”. Também parece um jogo, aqueles streams com acções sempre a subir e a descer e setinhas de cores diferentes e basta clicar aqui e até é bem engraçado. Simplesmente do lado de lá estão pessoas também a clicar ali e, de repente, nem sabemos como, já perdemos tudo e mais alguma coisa. Estes jogos para adultos, um gajo tem que os levar seriamente. Tudo o que implica gente é preciso levar seriamente, mesmo quando é para divertimento e palhaçada.

Para mim, o SL é um outro país. É o estrangeiro, por assim dizer. Mais perto, mas os países estão todos mais perto com a net. Este é virtual mas e então? Há países tão surrealistas que parecem bem mais virtuais que o SL, portanto não me faz grande confusão. É um outro país e é assim que tenho orientado a minha postura por lá. Eu e muita gente, haja em vista as comunidades que se vão formando ali. Estou convencida que muitos portugueses nunca sairam do seu canto português, como muitos outros nunca sairam dos seus.

Adiante que a parte filosófica já vai longa.

Um ano de SL é muita fruta. Uma pessoa não fica a pairar sobre o mundo durante um ano; chega a um ponto que se torna uma verdadeira seca por muito bonito (ou muito feioso, que também é) que seja. Exploram-se as paisagens e depois começamos a ver as potencialidades da coisa. O SL parece um jogo, parece um país, mas na realidade dos pixeis, é uma plataforma de comunicação em 3D. Giro isto, não é? E sem se dar conta uma pessoa está a usar as ferramentas a brincar, a ver o que acontece quando se clica aqui (como sempre) e a aprender uma série de coisas que não servem para rigorosamente nada, mas que são muito giras. E a ver até onde se consegue chegar.

Eu fiz um chapéu.

O meu chapéu é importante. É uma espécie de símbolo da Cat Magellan no SL. Eu – ela – nunca encontrei exactamente o meu rumo ali. Não que não saiba aquilo que gostava de fazer. Mas por razões diversas, há sempre qualquer coisa que desvia ou adia. Distraio-me com algumas coisas, vou à minha vida e não tenho tempo ou os projectos parecem estar encaminhados e, de repente, voltam para trás. Nada de grave, no entanto: sempre gostei de desafios, principalmente em condições adversas. Acaba por dar mais pica, ali ou em outro lado qualquer: no SL não sou outra pessoa, sou simplesmente eu, não tenho paciência para mais e o meu ego não me deixa.

Escrevi antes que o SL é uma plataforma de comunicação. Um chat de luxo, como eu lhe chamo. Com paisagem à volta e uns bonecos que são pessoas. Claro que é sempre isso que não nos deixa ir embora dali. As pessoas. Eu gosto de pessoas. Não entrei ali para fazer amigos, mas também serve e também acabamos por encontrar algumas pessoas giras. Se amigos se não, o tempo depois encarrega-se disso, que os amigos não se fazem num dia, por muito que nos pareça que os conhecemos bem. Mas levei alguns amigos comigo, que me têm acompanhado sempre, no SL e na RL e que tornaram a minha segunda vida (olha, agora chamo-lhe isso mas é só nesta perspectiva) muitíssimo divertida, simpática, envolvente e com momentos inesquecíveis de gargalhadas, de espanto, de maravilha. No fundo, ao fim de um ano, uma pessoa vê quem esteve sempre e quem continua a estar. Sem qualquer desprimor para todas as pessoas que estiveram ou estão comigo em certos momentos deste ano e que têm sido bestiais, neste meu rezz day (que hei-de comemorar mais tarde) dedico o meu ano de SL aos meus amigos Analu, Tess e Zé Flamand. E ao Miguel, claro: sem ele eu não estaria aqui.

  • Cat Magellan

    22 Responses to “Rezz Day – Um ano de Second Life”

    1 Miguel Yesheyev
    Nov 5th, 2007 at 0:54
    Parabéns miúda ;))) Olha que será interessante e giro de se ver de que forma é que evoluirá a tua existência SLiana :pppp Obrigado pela parte que me toca que, como bem sabes, é recíproca

    2 Ana Lutetia
    Nov 5th, 2007 at 1:02
    PARABÉNS!!!!

    3 June Jurack
    Nov 5th, 2007 at 1:12
    É isso mesmo Cat. Descreves lindamente o que (penso) todos nós sentimos um pouco. E obrigado por me teres ajudado nos meus primeiros passos neste virtual world.
    Beijinhos e parabéns

    4 Leilah Nishi
    Nov 5th, 2007 at 1:56
    Parabéns!!! Obrigada por tudo e que vivas ainda muitas mais aventuras! Agora, só quero saber é se vai haver bolo =D!

    5 Clara
    Nov 5th, 2007 at 2:20

    Parabéns e obrigada. Eu também faria um ano (daqui a uma semana ou assim).

    Bjs

    Tess

    6 Marina Xi
    Nov 5th, 2007 at 4:26
    Parabéns Cat, para ser diferente em vez de te dar peço-te um presente, escreve mais vezes no blog…Bjs e felicidades!

    7 CUSPE
    Nov 5th, 2007 at 7:58
    Concordo plenamente com o que descreves, e subscrevo.

    Parabens

    CUSPE Bailey

    8 Nuno Chapman
    Nov 5th, 2007 at 10:26
    Parabens Cat e que faças muitos na RL e na SL

    9 MaryDreia Ferraris
    Nov 5th, 2007 at 10:50
    Feliz Aniversario Cat…k seja o primeiro de muitos..
    Um beijinho da Mary

    10 Fidalgo Falta
    Nov 5th, 2007 at 11:51
    Não poderia deixar de ler o teu post sem deixar de te dar um beijinho de parabéns!

    Obrigado por tudo

    11 Ze Flamand
    Nov 5th, 2007 at 13:51
    Oh pá, primeiro fazes questão de dizer que aquilo é apenas um chat, e depois dedicas um ano disso, um ano de chat, ao pessoal? dedicas-me um chat? olha obrigadinho. e para que quero eu um chat ainda por cima carregadinho de objectos paramétricos? se bem que alguns desses objectos até foram bem esticadinhos e transformaram-se em gajas boas. bem, a bem dizer aquilo é apenas um chat mas está cheio de gajas boas. Oh Cat, dedicas-me um chat de gajas boas? obrigadinho pá!

    E parabéns

    12 Margarita
    Nov 5th, 2007 at 17:08
    Parabéns, Cat!

    13 Afro
    Nov 5th, 2007 at 19:39
    Pois parabéns Cat ;)… pelo primeiro aninho de SL

    No teu post gostei imenso da tua perspectiva…muito equivalente à minha quando entrei (também já falta pouco para fazer anos :P): o SL, mais que um jogo ou um um mundo virtual…é uma plataforma de chat. Muito elaborada (como dizes, de “luxo”), mas não deixa de (também) o ser, e às vezes (apenas) ser. Porque são sobretudos os amigos que lá fazemos que me motiva a continuar. E são esses mesmos amigos que de vez em quando (quando estou mais tagarela… me enchem o ecrã de IMs – às vezes alguns resultantes dum Olá nosso) e simplesmente deixo de ver qualquer objecto paramétrico ou esticadinho… e dedico-me ao chat. E se me perguntarem “se é para isso porque não usares o msn?”… Qual é a piada dum msn hoje em dia? Como poder ver e saber a reacção das pessoas quando falo? Quando ponho música? Quando ouvimos um concerto ao vivo ou partilhamos uma actividade gira? Para isso o msn não serve. E eu já fiz a minha escolha.
    Força nessa tua “segunda vida”… e que o próximo ano te corra “tão bem ou melhor” que este
    Jinhos
    Afro

    14 Marga Ferrer
    Nov 5th, 2007 at 20:52
    MIL PARABÉNS, Cat!!
    E tudo o que descreves, assim o é.

    Como uma pequenina lembrança, envio-te uns endereços novos criadinhos agora só para ti:
    [email protected]
    [email protected]
    [email protected]

    Um grande beijinho, Cat! Parabéns! (próximo mês sou eu a fazer um anito! Aliás, ele há montes a fazer um anito por agora!!!!!)

    15 Marga Ferrer
    Nov 5th, 2007 at 20:54
    ooops que os endereços criados ficaram mesmo com ligação como se existissem! Estás a ver as duas vidas? Aqueles endereços estão em nós. Não cliquem que vai dar erro! lol

    16 Dont Zehetbauer
    Nov 5th, 2007 at 21:07
    Parabéns, Cat!

    17 Winter
    Nov 5th, 2007 at 21:33
    Parabéns Cat!!!!
    Se não fosses tu nunca teria entrado no SL
    /me levanta a taça: A mais um ano cheio de chats de luxo, encontros e desencontros, aventuras e muitas gargalhadas!!!
    Jinhos gandes

    18 Rosca; Bimbo Rosca
    Nov 6th, 2007 at 0:09
    _Parabéns ao quadrado ( pela pessoa RL / SL )!!!

    _Da parte q me toca… um obrigado pelo, mesmo que breve, apoio e simpatia nos meus primórdios.

    _BIGkiss oh jeitosa (eheheheh)!!!!

    19 Cat Magellan
    Nov 6th, 2007 at 2:55
    Mil obrigadas a todos. São muito gentis. Fico mesmo contente.
    (e prometo responder melhor, assim que tiver mais disponibilidade, que isto de resposta a comentos pra geral não tá com nada :D)

    20 M2life
    Nov 6th, 2007 at 15:17
    Parabéns Cat por um ano que foi recheado de novas experiências!
    E o segundo ano já começou… :-))

    21 Rusta Rustamova
    Nov 6th, 2007 at 23:55
    És um exemplo de resistência, Cat. Parabens por um ano de SL. É bom poder seguir os teus passos por cá (lá?). Beijinhos

    22 Midnigth Jewell
    Nov 8th, 2007 at 10:11
    Parabéns 1 ano é muita coisa… Só vim agora pois desde pc avariado até abcessos tudo me acontece. Pareço o Calimero só me falta a casquinha do ovo na cabeça.
    Hoje fico mesmo sem pc (snif).
    Beijos a todas