GetaSecondLife

comunidades

Descobri uma nova comunidade SL fora do SL: o twitter. No twitter escrevem-se pequenos textos que são partilhados pelas pessoas que nos seguem. Podemos responder directamente e recebemos respostas divertidas e simpáticas. Adverte-se que pode ser altamente viciante (por ser interessante…). O twitter é mais uma forma de interagir e de participar no SL sem estar in-world. Ora vejam o meu twitter:


As outras comunidades onde participo são o snapzilla e o flickr. Em ambas, os laços criam-se à volta das fotografias (SL) enviadas embora o sentido de comunidade esteja muito mais patente no flickr do que no snapzilla. No snapzilla só é possível enviar fotografias tiradas dentro do SL e enviadas como postal. A grande vantagem do flickr é a possibilidade acrescida de tratamento das imagens (fora do SL) e, por isso, encontrarmos verdadeiras obras de arte. Mas também é possível enviar fotografias (por e-mail como postais) directamente para o flickr. No flickr existe ainda a possibilidade de protecção das imagens com uma licença Creative Commons.
A comunidade surge pela possibilidade de criação de grupos sujeitos a um tema e onde se partilham intereses comuns. Um dos grupos mais recentes, ainda só com 6 membros, é o Second Life – Portugal. (Não se encontram muitos portugueses a fotografar e a partilhar as suas fotografias do SL no flickr.) O maior grupo (ligado ao SL) é, precisamente, o Second Life em que as fotografias colocadas figuram no blog oficial (como se pode ler na descrição do grupo).

Ana Lutetia. Get yours at bighugelabs.com/flickr

(Obviamente que este post é um desafio à participação e criatividade!)

  • Uma coisinha gira é que pessoas que estejam ligadas ao Snapzilla e ao Flickr podem mandar automaticamente postcards para o Snapzilla e publicá-lo em ambos simultaneamente!

    http://www.sluniverse.com/pics/flickr.aspx

  • André

    Olá! Comecei hoje a jogar Second Life e já tuve um problema e acho que tu me poderias ajudar.
    Depois de clicar no atalho para jogar Second Life, escrevi o nome, o sobrenome e a senha, ao carregar no conetar aguardei um bocado e depois apareceu uma mensagem: “Speak up! Second life is now fully voice-enable”, depois consulta o blog oficial do Second Life, ao consultar o blog não encontrei nada que tivesse haver com aquele problema.
    Agradecia que me respondesses com a resposta ao problema para eu poder jogar.
    Obrigado, Adeus.

  • André, qual foi o problema…?

    Quando entras tens umas dicas no ecrã e direcciona-te sempre para o blog oficial para mais informações.

  • Winter

    André, conforme a Ana disse, essa é apenas uma mensagem informativa da Linden Labs.
    Só quer dizer que podes utilizar a voz para comunicar dentro do jogo, mais nada. Não é qualquer problema.
    Deverás esperar que o “jogo” carregue. Irás “nascer” numa ilha chamada Orientation Island onde deverás fazer o tutorial para teres uma primeira noção de como te movimentares, arranjar o teu avatar, conduzir veículos e interagir com os outros residentes. Depois tens um grande raio verde e um placard a dizer EXIT que deverás clicar.
    Quando clicas aí irás para uma segunda ilha onde poderás experimentar tudo o que aprendeste no tutorial:
    – Adquirir produtos na loja de frees
    – Experimentar construção na sandbox (esta parte é nova)
    – Ver uma casa e interagir com objectos
    Caso necessites de ajuda, envia-me um IM (Instant Message) e se estiver on line e disponível irei ter contigo.
    Para me encontrares, basta clicares no botão de Search (a meio do monitor em baixo), escolheres a “pestana” People e digitares o meu nome (Winter Wardhani)
    Benvindo ao SL e diverte-te por cá
    Beijinhos
    Winter

    P.S.: Atenção que o jogo é para maiores de 18 anos, se ainda não tiveres 18 anos deverás entrar na Teengrid, também disponível no site oficial http://www.secondlife.com

  • M2life

    As férias de Agosto terminadas, o pessoal a regressar, este Blogue a animar, o reencontro em SL de amigos.

    Neste reiniciar, continuando a onda de dicas da Winter no comentário anterior, 5 dicas úteis e uma curiosidade. Para todas as dicas precisam de ter o menu ‘Client’ activado (CTL ALT D em ambiente Windows).

    1. Tirar fotografias discretamente, sem som e sem aquele gesto de mãos na cabeça:
    Client–> Quiet Snapshot to Disk

    2. Maior liberdade e maior profundidade nos movimentos da câmera:
    Client–> Disable Camera Constraints

    3. Escrever em chat sem o “estúpido” gesto de estarmos a escrever num teclado invisivel e sem o ruído correspondente das teclas a serem batidas:
    Client–> Debug Settings–> PlayTypingAnim–>False

    4. Ir automaticamente para um local determinado (clicando 2 vezes nesse ponto):
    Client–> Debug Settings–> DoubleClickAutoPilot–> True

    5. Parar todos os movimentos do(a) avatar(a) em pose (útil para tirar fotografias):
    Client–> Character–> Slow Motion Animations

    6. E uma curiosidade: Querem saber quantas vezes já fizeram login em SL com sucesso, desde o nascimento do(a) vosso(a) avatar(a)?
    Client–> Debug Settings–> NumSessions

  • Ena, tanta dica!! 🙂

  • Oh que inferno! Só me dão é mais vícios! Grrr! Estou a resistir, estou a resistir ao twitter!

    Ca gandas dicas, M2!

  • (vou só ver como é, mais nada!)

  • (grrr)

  • 😀
    esta questão das comunidades é muito interessante e agrada-me!

    Penso que não restam dúvidas acerca do poder do Second Life, nesta questão do espírito de comunidade. (quem tem dúvidas…é melhor experimentar!)

    Quanto ao twitter…a minha conta já é quase tão antiga quanto a do SL, no entanto, a sua utilização tem sido muito escassa.

    Como comentei há meses, algures, “Apesar da ideia não me desagradar de todo, e até ter disponibilidade para utilizar o twitter, a minha comunidade de amigos registados e/ou conhecidos é muito pequena…o que acaba por não meter piada nenhuma.”

    Ora cá está uma excelente forma de começar a “twittar”!

    Quanto ao Flickr…também já pertenço ao grupo SL Portugal. As obras de arte são fracas…mas valem… o que valem!

    M2:obrigada pelos “truques”!

  • Esperemos que os grupos/comunidades portugueses cresçam. 🙂

  • olá Ana!
    Sabe que te admiro demais, e adoro tudo que você faz, bom estou fazendo esse site sobre moda no sl aqui no Brazil já que não existem muito, ou não existem, estou seguindo seus passos, agradeço demais a vc.
    Espero sua visita e ter um link ou receber um recado seu será uma honra.
    Beijossss
    Lucyanni Writer

  • não vos percebo. que procuram afinal? mais comunidades? mais? serão precisas mais?

    ou apenas se procura saltitar entre personagens, semi-descobertas-semi-escondidas? avatares, isso? brincamos aos avatares? coisas a fingir de nós das quais saímos ilesos e abruptamente?

    em quantos territórios se pode experimentar isso, simultaneamente? gabo a vossa ubiquidade. admiro a vossa persistência. mas desgosta-me essa ansiedade que leva a procurar o que pode estar mesmo ao lado de cada um num mundo nebulento de comportamentos (bem sei, essa coisa dos comportamntos extensivos arrepia, é um ónus que aqui se dispensa)

  • este Zé Flambé está a armar ao pingarelho!

    (Lucyanni, eu vi a Ana primeiro!)

  • Obrigada, Lucyanni.

    LOL, Jose.
    Já conheço o teu feitio especial há uns bons anos. 😛

    /me vai experimentar os truques do Mlife.

  • M2life, o Quiet Snapshots to disk só remove o click mas mantém o gesto. Só consegues remover o gesto tendo um AO com prioridades que o façam. Em algumas das minhas poses do AO não tenho o gesto, noutras tenho. Gostava de não ter em nenhuma…

  • M2life

    Ana: o comando funciona na perfeição (comigo resultou 100% das vezes) quando fazes ‘Snapshot to disk’. Não funciona (ou nunca funcionou comigou) se fazes ‘Take a Snapshot’. Segundo Torley Linden (post de Julho no Blog oficial SL) deveria funcionar nas duas formas de tirar fotos. Parece que não. Ah Lindens que nos enganaram outra vez! 😀

  • Eu uso sempre o botão cá/lá em baixo que diz Snapshot…

  • (A blogoesfera portuguesa descobriu o twitter :D)

  • Hum…não sei como descobri este post…a vaguear?
    Mas acho melhor nem experimentar o twitter… senão aí é que não páro :S

  • Mas… olha que o Twitter é um pequeno mundo. 🙂