GetaSecondLife

“no transfer”

Se há coisa que me irrite mesmo nos items (milhares deles), que vamos acumulando e transportando dentro do inventário, é que sejam “no transfer”. Que diabo! Que não se possam copiar ou modificar, eu ainda compreendo, claro: o autor cria aquele objecto daquela forma e não o quer alterado (lembrem-me depois de contar a história do patinho de borracha do Eggy, que é de morrer a rir e ele autorizou-me a colocá-la aqui) ou copiado. Agora, no transfer? Se transferimos um objecto que é nosso, ficamos sem ele, qual é o problema? Há vários items que são transferíveis e é evidente que se os transferimos, os perdemos, mas isso é escolha nossa.
Se queremos oferecer determinada coisa a alguém, porque não? Que coisa estúpida e irritante! E ainda por cima, para o criador, é mau negócio: já estive para comprar várias coisas que gostava de oferecer e não compro por não serem transferíveis. Azar, o que não falta ali é oferta de produtos similares, o mercado é vasto.

(entretanto, em nota mais privada às amigas, aguardem catrefada de vestidos, esses sim, completamente transfer; que assim que puder, começo a enviar para as meninas todas; descobri umas lucky chairs do melhor, queridas, nem imaginam…;))

  • Miguel Yesheyev

    Também acho que há diversas coisas que são chatas no SL. Permita-me a chefa apontar-lhe uma possível solução para esse problema tão delicado. Porque não colocar o objecto em causa num qualquer espaço seguro onde o possa e definir nas opções a venda por $0 Lindens. Estando o outro avatar ali ao lado não dará para fazê-lo?

    (e para nós? não há nada, nada, nada?! Tá mal pá! Tá mal! Vou fazer queixa ao sindicato!)

  • Winter

    Pois é Miguel… já tentamos isso e num conseguimos 🙁
    Se alguém souber como se faz é só dizer que a malta faz um Yard Sale a 0 Lindens hehehe

  • pelos vistos era um bom conselho, mas não resulta…

    (mando-te já um vestidinho de saia rodada e transparente, não seja por isso!)

  • E que Yard Sale, Winter! 😀

  • LOL
    Quero ver o Miguel de saia rodada!!

    Realmente, o no transfer é uma grande chatice. Em alguns artigos ainda percebo.
    Muitos criadores oferecem-se para criar artigos transferíveis para poderem ser oferecidos. Ou, em alternativa, criam os vales (tipo, cheque-disco).

  • Winter

    Temos de fazer um movimento para os itens serem transfer. Afinal em que é que pode prejudicar o criador seja de que for? Não lhe tira vendas, antes pelo contrário…
    (oh pra mim armada em revolucionária ;))

  • Ana, eu não percebo em nenhum artigo. Se é teu e o queres oferecer, ficando sem ele, não entendo porque não é possível. E mesmo absurdo é quando são “no tranfer” mas são “copy”. Se podem ser copiados, porque diabo não os podemos transferir e temos que arrastar aquele mono (dezenas deles) no inventário, não vá alguém precisar dele e copiá-lo…faz algum sentido isto?

    Winter, tou nessa. 😀

  • Percebo que quando um criador te oferece um item para o reveres, o mesmo seja no copy e no transfer. Nessa situação e só nessa acho que faz sentido. Até houve uma polémica entre os designers sobre esta questão.
    De resto, concordo em absoluto contigo. Adiro ao movimento!

    Noutro dia, explicaram-me a parte do no transfer/copy. Quando adquires um artigo e tens que ajustá-lo ao teu avie, convém primeiro fazeres uma cópia do mesmo e trabalhar a cópia.

    E, por falar nisto, ando aí com umas ideias que depois vos conto inworld. 😉

  • Winter

    Pois é Aninha a malta aprende com os erros… estraguei um cabelito porque não o copiei primeiro hehe
    E fico à espera das ideias 😉