GetaSecondLife

Danças de salão em MIA

A criatura está sentada ao piano, num bar que fica no meio da neve. Uma pista de dança, cadeiras e sofás, valsa e salsa, aberto para a rua e para o mar. Ali se dança, clicando nos sítios que dizem “salsa, click here” ou “valsa (F) click here, valsa (M) click here” que os avatares precisam de scripts para tudo quando não seja clicar e editar, andar, voar (e, eventualmente, ficar preso em tectos e nas árvores, graças ao lag que continua a fazer-se sentir na grid do second life). No mesmo bar, também se pode obter um fato apropriado para as danças de salão, que os mais audazes editam a seu gosto e outros editam conforme calha.

Vestidos a rigor, alguns pares dançam na pista, outros é mais bolos, clicaram em “kiss click here” ou coisas afins, enquanto os tugas, à boa maneira nacional, encostam-se a um canto e dedicam-se a uma das actividades mais apreciadas: dizer mal dos presentes, do lag, das roupas e da criatura ao piano; e onde estarão escondidas as quarenta meias de natal que trazem presentes oferecidos pelo local (o lindíssimo MIA) ao bom espírito de natal, na variante procura dos ovos da Páscoa pela neve fora. Tudo isto em bom português, no chat público, que deve “soar” aos olhos dos outros, como uma coisa estranhíssima, um bater aleatório no teclado.

Que é o que acontece à criatura ao piano, dona (?) do bar: pergunta que “lovely language” é a aquela…ora já lhe ouvi chamar muita coisa mas “lovely” é a primeira vez: provavelmente será “lovely” escrita, ao vivo é mais como massacrar batatas nas bochechas enquanto se sibila uma data de vezes. Conversa puxa conversa, que é português e já se brinca às traduções, enquanto tentamos perceber se a criatura (um furry avatar do SL) é uma raposa ou um raposo. (Confesso que fico com a impressão que é raposa, mas sem certezas absolutas.) Tudo isto se passa com a raposa/raposo aos saltos, agarrada/o a um script de dança que causa tonturas, de tanto andar para a frente e para trás, que a conversa a animou e largou o banco do piano.

No fim, oferece mais um “chapéu para o nick”: novo grupo, sem qualquer obrigação, um cartão daquele bar, passo a ser um VIP do Red Velvet. Talvez dê direito a bebidas à borla…quando encontrar um script que me faça o avatar levar um copo à boca.

Nota mais técnica:
É possível enviar “coisas” a outros secondlifers™, mesmo quando não estão online. Por “coisas” entenda-se as que estão no nosso inventário (desde que não tenham a indicação “no transfer”). Basta clicar em “Friends” (para aceder aos nossos contactos) ou em Search e ir à procura da pessoa em questão e depois, seleccionado o nick, abrir o inventário e arrastar o objecto que se quer enviar para dentro do profile daquele contacto.

Terá sido assim que a Ana Lutetia me terá enviado um landmark™, que eu sabia que tinha recebido pelo aviso no e-mail e que encontrei no lado dos Recents Items do meu inventário: este MIA que inclui o bar acima descrito, uma rua cheia de lojas e uma paisagem de neve cheia de cantinhos muito bonitos. A visitar, sem dúvida e aconselha-se a “caça ao tesouro” das meias de natal (consegui quase todas, abri cinco ou seis e já recebi mobília e tarecos de grande utilidade, como vasos e outros bibelots…mas é divertido andar à procura delas).

  • O sítio é um must (go) deste jogo. Recomendo a toda a gente. Por isso, te dei o LM (landmark) quando estava offline.
    No MIA Island há sempre actividades. A anterior caça ao tesouro era de abóboras…

    Ontem andei a passear com o José e conheci um alemão numa Welcome Area.

    Doravante, o meu objectivo vai ser procurar sítios bonitos para colocar no blog.

    Em Dezembro terei mais tempo e, quiçá, acesso a um pc com mais que 64MB de placa gráfica. 😉

  • É mesmo, aquele sítio é um must. Só aquela máquina lá no quarto da cave é que me deu um pouco cabo das costas… aiii

  • cat

    Muito obrigada, Ana. O sítio é mesmo bonito. Vou lá voltar mais vezes (até porque tenho o meu “chapéu VIP”, hehehe. 🙂
    Fico à espera das pics e de mais LM! :DDD

    Zé, aquele sítio, sendo um must, NÃO é o sítio da cave da cadeirinha. Este do post era o sítio onde havia quem não dançasse, tazaber…o da cadeirinha é mais bolos. 😉

  • Ah

    Era para bolos então. Mas olha lá, é preciso torcerem um homem tanto e amarrarem-lhe as mãos assim só para dar umas mordiscadelas nos bolos? Eu bem sei que aquilo é um avatar, mas mesmo assim um gajo pode aleijar-se. Bem … se calhar enganei-me ….pois … aqui é mais bolos dizias tu não era … aiiii …. fui

  • 😀

  • Não digo mai nada…(mas vou meter umas pics de outras danças…:DD)

  • Sempre que tiver LM’s de sítios bonitos envio. 😀
    Já foste ao Pólo Norte? Tem imensas árvores iluminadas.

    Já me encontrei com o Jose mas perdemo-nos…

    Fui adoptada por um alemão. É o que dá ser simpática. Fui a um daqueles sítios para newbies, ele estava cheio de perguntas e eu fui respondendo. Entretanto, dei-lhe LM de sítios bonitos (jardins e afins). Fui com ele a um jardim. Agora sempre que o home’ entra online quer que eu vá ter com ele!

    Ontem estive numa caça ao tesouro (Numbakulla) mas acabei por desistir. O sítio é muito bonito mas, às tantas, fiquei baralhada por não saber por onde ir.