Na segunda vida também é possível ter um emprego. Foi assim que a chinesa Anshe Chung enriqueceu. Enfim… Não aspiro a tanto mas gostava de vir a ganhar uns Linden’s. Além dos dance pads e das camping chairs onde se ganham uns trocos resolvi ganhar a (segunda) vida como modelo. Vamos ver no que isto dá!

Estou inscrita numa agência que está em fase de lançamento. Por enquanto, ainda não posso divulgar muito mais. Encontrei um estúdio onde me fotografei para criar o meu portfolio. Agora é esperar que um designer queira uma ruiva com uma carinha laroca!

Os Linden™ têm mais sugestões aqui