GetaSecondLife

Hoje há palhaços, amanhã não sabemos

25 Comentários
SL® geral GetaSecondLife 25 https://getasecondlife.net/2008/03/second-life-geral/hoje-ha-palhacos-amanha-nao-sabemos/#comments
492

Confesso. Não fosse este um blog colectivo onde várias pessoas têm dado o seu melhor, em tempo, esforço e imaginação, para promover e publicitar à borla aquele metaverso que não me apetece agora meter o nome nem os R’s, para tentar dar dicas e ajudas, contar histórias ou coisas cómicas, mostrar sítios giros e tudo isto em português e comigo levava já com um tratamento daqueles valentes com total erradicação de qualquer referência a qualquer que fosse um dos nomes agora banidos e/ou regulamentados. Por birra e por ser do contra e porque estas coisas me irritam mesmo.

Todos nós sabemos que as marcas são marcas e não temos que andar a meter R’s e TM cada vez que as referimos. Não me consta que qualquer das grandes marcas multinacionais alguma vez tenha tido que dizer aos normais utilizadores/clientes que não as referissem ou que só as podiam referir assim e assado. Só mesmo uma empresa minorca e armada em grande é que se lembra de uma coisa destas. Estes palhaços andaram a crescer à conta das referências dos media tradicionais e dos blogs. Agora querem proteger a marca não vá dar-se o caso de lhes aparecer um IPO pela frente (deve!). Esquecem-se de um pequeno detalhe: aquela porra não vale nada para os clientes corporativos se não andar por lá o resto da malta (nós) a ver e publicitar todos aqueles produtos e presenças. Mais: foram desonestos a ponto de fomentar o uso da porcaria da mão deles, que afinal não é mais do que a adaptação de outro símbolo. Atiram com ameaças de law suits, quando eu sempre queria ver como é que cola isso na UE, quando a marca deles penso que não foi aceite (está lá a tentativa de registo) visto que já existe outra empresa europeia com o mesmo nome. Mas é evidente que não nos apetece nada termos o azar de servir de cobaias para um caso de tribunal e/ou represálias in-world. Isto é um blog e aquilo é um jogo, não vale a pena de todo.

Portanto, em vez de substituir todas as referências por palhaços, fazemos o que é suposto e espetamos os R e os TM’s em todo o lado e, no caso do Geta, teremos eventualmente que mudar de domínio. O que é uma trabalheira, uma seca e (por mim falo) não é para isso que aqui ando. Mas faço, contrariada, mas faço.

Hoje os verdadeiros palhaços somos nós. Amanhã não sabemos. Por mim este blog acabava no fim do prazo, que nunca me pareceu sensato prosseguir com coisas que passam a ser mais chatas que giras. Este metaverso, este jogo e este blog só têm piada enquanto são por prazer. Mais que isso é absoluta estupidez.

  • Perfeitamente de acordo em tudo o que dizes. Pura e simplesmente acabaram de matar os que andavam nisto por carolice, que nunca ganharam nem esperavam ganhar dinheiro com isto e que têm mais o que fazer do que “venerarem” aqueles a quem pagam para terem um serviço (de qualidade discutível lol, ainda por cima se tivermos em consideração todos os bugs, lag, downtime, etc, etc, etc). Ou seja, levando os tipos à letra, agora seria de ripostar com exigências na perspectiva do cliente que paga (e bem!) pelo serviço que nos prestam!

  • Completamente. Mas já se sabe que isso não acontece. No entanto, é capaz de ser uma ideia começar a equacionar o custo de alugar um servidor e espetar lá um opensim.

  • Curioso, Miguel™, esse foi um dos pensamentos que me passou pela cabeça com esta questão. Aquilo que me ocorreu é que a Linden Labs® está TÃO interessada em atrair empresas que está a alterar a sua estratégia. Com esta acção, parece-me que muitos utilizadores informados possam vir a abandonar o SL™ e são esses que o SL™ não deveria perder por serem os verdadeiros criadores de conteúdos.

  • Cat Magellan™

    Já sem falar nos clientes normais (que não são criadores, mas apenas consumidores) dos produtos das empresas RL que os Sem Links querem atrair para lá.

  • Pois, realmente, o Second Life® passou mais uma vez por aquele período do “adaptar ou morrer”, e não tenho dúvidas que em muitos casos vai ser “morrer”.

    Mas… isso não quer dizer que não se comece a fazer um mega-boicote 😉

  • Eu estou nessa do boicote. :DDDDDD

  • … por outras palavras, que tal uma mega-campanha a nível de todos os blogs do SL a avisar de que protestamos ferozmente pela mudança radical da estratégia da Linden Lab™, e que até haver uma resposta da parte deles, recusamo-nos a escrever mais sobre o Second Life®?

    Garanto-te que a empresa de marketing da Linden Lab (Lewis PR) não irá achar piada nenhuma quando isto se propagar na SLogosfera e começar a chamar a atenção dos media.

  • Comigo podes contar mas os outros membros do Geta têm que se chegar à frente. Por mim, vamos nessa!

  • Hmmm… Excelente ideia, Gwyneth Llewelyn™! 😉

  • M2

    Acho uma excelente ideia Gwy! Eu, pela minha parte, como hoje já estou farto de escrever em vários locais, tudo o que se relacione com o que nós sabemos, vai ser assim: S*d L*e ou S*L ou L*L consoante as circunstâncias. Para palhaçada, palhaçada e meia.

    Apenas uma questão: estão todos contra mas então porque tão obedientemente já estão a colocar Rs e TMs depois das ‘palavras proibidas’? 😉

  • A Gwyneth Llewelyn é R e não TM!

  • Leilah Nishi

    Boicote! Boicote!! Boicote!!!

    (ora onde é que eu pus o meu cartaz de profissional dos boicotes?)

    Quanto às letrinhas, recuso-me terminantemente a pô-las à frente do nome! Caguei!

  • M2, porque…ahn…er…porque…olha perguntas bem!
    E a tua nomenclatura tá muito boa! A minha já está no post de cima 😀 (Sem Link)

  • O Yesheyev já deu o seu ok também.

  • M2

    Desculpem, esqueci-me de assinar o comentário anterior convenientemente: M2life Paravane™ 🙂

  • Apoio obviamente o movimento de contestação que pugna por uma Segunda Vida melhor!!!

    M2, da minha parte por uma questão muito simples… o blog não é meu e está alojado numa rede que pode (eventualmente) sofrer consequências dos amigos americanos. Pelo que, até haver um esclarecimento cabal, parece-me ser o melhor caminho a seguir ou, como já comecei a fazer, deixar de me referir aos tipos.

  • Oops…

    Ana Lutetia®

  • Ana, nós somos meras TM, mas a Gwyn tem o nome com R porque o registou. 😀

    Exacto, Miguel, isso mesmo.

    Sai um manifesto fresquinho dentro de minutos!

  • Eu não fura greves ou fura boicotes mas… O trabalho que desenvolvo no meu blog é em prol dos criadores e não dos tipos. Se eu fizer um boicote, estou a prejudicar criadores e não propriamente a empresa que criou o metaverso.

  • Suelen Almodovar

    Olá!
    Eu acompanho Geta a um bom tempo, mas esta é a primeira vez que deixo aqui
    um comentário.
    Bom, minha opinião sobre isso é que, acho que esta se fazendo uma “tempestade em copo d’agua”, pois não creio que a LL vai sair por ai caçando quem usou ou não Internet a fora o nome da sua empresa sem colocar os ™ ®.
    Blogs como o Geta e muitos outros que não estão ligados a nenhuma empresa (até onde sei) e não usam o nome as marcas do SL pra promover algum produto ou serviço, acho que não precisa se preocupar tanto.

    Agora uma coisa é certa, toda empresa que tem marca e logo registrados (ex: IBM, Coca-Cola, Microsoft), você não pode sair por ai usando sem autorização seus logos, muitos usam, mas não deveria, não é o correto. Mas também nunca ouvi falar de alguém que sofreu processo por conta disso, geralmente as empresas tem mais preocupações do que ficar promovendo uma caça a bruxas na Internet afim de ver quem usou ou não seus nomes e logos registrados sem autorização.

    Por fim, estão no direito deles de tomar tal atitude em proteger sua marca pra não cair na banalidade, pois o que vejo de empresas de publicidade usando o logo e nome do SL pra promover seus serviços não é brincadeira, são muitas.

  • Suelen Almodovar

    Ops, eu disse que nunca vi ninguém sofrer processo por fazer referência a nome registrado de empresa, mas me lembrei de um caso, em que um garoto à alguns anos foi processado pela Microsoft por registrar um domínio com nome que lembrava da empresa do Bill Gates, infelizmente não achei o link da notícia pra colocar aqui, mas fica de qualquer forma registrado o exemplo de que qualquer empresa com marca registrada pode em algum momento tomar medidas a proteger suas marcas.

  • Olá Suelen. Não deixando de concordar em parte, aliás pelo que já escrevemos neste blog, há uma parte que não deixa de inquietar-me. A probabilidade de inexistência de caça às bruxas não me conforta em nada no que à impossibilidade de me referir ao que quer que seja relacionado com “aquilo”. Ir por aí é demasiadamente perigoso. E nós, na realidade, não promovemos nada nem ganhamos dinheiro à conta “disto” e “daquilo”, antes pelo contrário. E nunca cobrámos aos tipos pela publicidade que lhes fizémos, se não a pedido deles, pelo menos pela indução associada à disponibilização do starter kit que tinha, entre outros, os logotipos e banners.

    De qualquer forma, nunca vi em parte nenhuma, em artigos, textos ou o que quer que seja, colocar-se os ™ ®… É que, a partir de determinada altura, seria impossível de ler o quer que fosse.

  • Cat Magellan™

    Suelen, muito obrigada por deixar o seu comentário. Claro que os riscos são diminutos, mas há sempre o risco ou o azar de ser “escolhido” para servir de exemplo aos outros. Este blog – no seu endereço – está completamente fora daquilo que é permitido, por ter as palavras “secondlife”. Não estava ilegal antes, mas está agora. E isso é que não podemos arriscar. Como vê, até se lembra de um caso…não que estejamos a fazer algo de mal, mas é a lei.

  • A questão não é colocar o ® ou ™ depois das marcas registadas. Isso pouco ou nada

    É ser impedido de criar um blog com o domínio getasecondlife.net, quando o objectivo deste blog é, justamente, promover o Second Life® e não “um mundo virtual cujo nome não podemos pronunciar”.

  • É ainda mais que isso, Gwyn: não é só ser-se impedido de criar um blog com esse domínio. É, retroactivamente, ser impedido de *manter* um blog com esse domínio, quando, quando foi aberto estava tudo bem e até agradeciam que se usasse o nome, como dizes, para promover o Second Life®.