GetaSecondLife

Comprar L$ em Portugal: Multibanco e PayShop

7 Comentários
, , , money https://i1.wp.com/getasecondlife.net/ficheiros/multibanco-no-second-life_002.png?fit=660%2C431&ssl=1 https://i1.wp.com/getasecondlife.net/ficheiros/multibanco-no-second-life_002.png?resize=150%2C150&ssl=1 GetaSecondLife 7 https://getasecondlife.net/2009/11/money/comprar-l-em-portugal-multibanco-e-payshop/#comments
639

Nas minhas deambulações por esse SL fora (que são cada vez mais raras!!), uma pergunta que é sempre feita por muitos dos nossos concidadãos tugas é: “como posso comprar L$ se não tenho cartão de crédito?” É certo que podemos usar MB Net para o PayPal, o que nem sempre funciona de forma tão fácil como gostaríamos. Ou então podemos usar transferências bancárias no PayPal (já funcionam também aqui na Tugalândia!), mas levam vários dias.

Bom, é verdade que a Linden Lab anunciou novos métodos de pagamento para breve (isto ao mesmo tempo em que lançaram o site deles em pretuguês dos brazucas, com o devido respeito pelos 200 milhões de lusofalantes do outro lado do Atlântico, bem entendido!). Tudo isso é muito lindo, mas não se sabe para quando estarão disponíveis estes “20 novos serviços de pagamento online”! Ainda por cima, num site que é “famoso” por fornecer serviços de pagamento a casinos online. Por isso, o que fazer até lá?

multibanco-no-second-life_001Há neste momento duas alternativas. Ambas são implementadas com tecnologia da Virtualnauta. Uma é o pagamento por Multibanco, que as imagens ilustram, mas que na realidade não requerem nenhuma deslocação ao sim em questão. Basta mandar um IM a Mbanco Core (basta dizer olá, é um ‘bot que processa o serviço), que ele vai automaticamente dar-nos uma lista de opções (sempre em IM). O mínimo a desembolsar parecem ser €15 (pelo menos, menos do que isso deu-me sempre erro!!). Recebemos em IM uma referência de pagamento Multibanco, e basta depois ir à caixa mais próxima (ou, para as preguiçosas como eu, ir ao homebanking) fazer o respectivo pagamento.

Imediatamente de seguida mandamos um novo IM ao Mbanco Core. Este vai dizer que “tem uma referência de pagamento em nosso nome” e, se confirmarmos, recebemos o dinheiro. É rapidinho, quase tão rápido como ir ao LindeX, e funciona de dia e de noite.

Claro que a Virtualnauta cobra 20% pelo serviço…multibanco-no-second-life_002

A alternativa B é boa para quem seja paranóico o suficiente, e que não goste que ninguém fique com os seus dados bancários. Aí a ideia é ir ao agente PayShop mais próximo (há 3200 em Portugal, mais as estações dos correios dos CTT) e dizer que queremos adquirir vales para o Second Life. Estão disponíveis vales nos montantes de €5, €10, e €50. O agente irá emitir um talãozinho com um código. Não nos pedem identificação, nem nome do avatar, nem nada — o processo é totalmente anónimo, e pagamos ao agente PayShop como quisermos (se for em notas, ninguém jamais poderá associar-nos ao nosso avatar!). Uma vez de regresso a casa, mandamos agora um IM a Banco Mertel com os dizeres USA código, e imediatamente o montante equivalente em L$, menos a tal comissão de 20%, é nos imediatamente transferida para o avatar que mandou o IM. Há mais instruções aqui, mas o processo é simples. Obviamente que neste caso podemos até dar o dito vale a quem quisermos, pode ser uma prenda de anos ou de Natal, ou se tivermos vergonha de ir a uma tabacaria ou loja que seja agente PayShop e dizer “olá, quero um vale para o Second Life!” podemos sempre pedir a um(a) amigo(a) que nos faça o favorzinho de fazer isto em nosso nome.

Ou seja, já não há desculpas para dizermos que é muito complicado adquirir L$ (por causa do cartão de crédito, transferências bancárias, e coisas que tal) ou que é “pouco seguro”, blá blá blá. Qualquer uma destas duas alternativas de pagamento é excelente!

Beijocas e boas compras, e já que é quase Natal, boas compras para todos 🙂 … no SL, é claro 😉

https://i1.wp.com/getasecondlife.net/ficheiros/multibanco-no-second-life_002.png?fit=660%2C431&ssl=1

Sobre Gwyneth Llewelyn

Ando por aqui a pensar que se calhar já ando há demasiados anos a escrever disparates sobre o Second Life e que já devia ter idade para ter juízo, mas a verdade é que não desisto facilmente e sou teimosa que nem uma mula!
  • Luke Wilber

    Olá Gwyneth,

    Me perdoe, mas achei ofensiva a frase “em pretoguês dos brazukas”. Por que “preto” guês??

    Entendí que foi uma brincadeira, mas esse tipo de brincadeira soa como algo racista.

    Se eu falo uma palavra dessas (“pretoguês”), mesmo em tom de brincadeira, aqui no Brasil eu posso até ir para a cadeia. Pois a lei anti-racismo é bem severa e é considerado crime inafiançável e imprescritível.

    Grande abraço,

    Luke

  • Oh, lamento que tenha achado a expressão ofensiva, não era essa a intenção — e nem sequer me ocorreu que pudesse ser considerada racista!! É apenas um trocadilho utilizado quando as pessoas escrevem tão mal português que nem sequer conseguem acertar na ortografia da palavra “português”, sendo frequentes as expressões “pertuguês”, “purtuges”, “pretugues”, etc. Faça uma pesquisa por “pretuguês” no Google e verá que a palavra “pretuguês” é muito frequente na Web para designar um português semântica e ortograficamente muito mal escrito, que é o caso do site do Second Life.

    A conotação racista foi coisa que nunca sequer me tinha apercebido 🙂

  • José Afonso

    Olá Gwyneth,

    Gostava de saber se a presença do Multibanco no Second Life é oficial, uma vez que não encontro qualquer referência no site.

    Obrigado

  • Genius Bikcin

    Claro que é oficial José Afonso, A virtualNauta é uma empresa oficial que presta esses serviços de acordo com direitos e normas

  • É realmente oficial… tal como a da PayShop (cuja referência na página da PayShop é muito, muito difícil de encontrar). Gosto muito do serviço do Multibanco no SL porque é simples, rápido, directo e eficiente, e funciona 24h por dia 🙂 A PayShop tem a vantagem do anonimato: ninguém fica a saber qual é o teu avatar, ou como é que estás a gastar dinheiro com o SL 🙂

    Ambos os sistemas são realmente impecáveis…