GetaSecondLife

Second Thoughts Blog

6 Comentários
SL® geral GetaSecondLife 6 https://getasecondlife.net/2008/02/second-life-geral/second-thoughts-blog/#comments
187

Não costumo – neste blog – escrever sobre outros blogs. Mas confesso que ando absolutamente fascinada com este Second Thoughts do Prokofy Neva. De vez em quando lia qualquer coisa por aqui ou por ali, mas agora tenho-o seguido no feed, por causa da polémica dos anúncios gigantes (que foram finalmente banidos pelo LL) que são colocados em parcelas de 16m2 para chagar os vizinhos e obrigá-los a vender a preço baixo. Enfim, mais complicado que isto, mas resumido a coisa é mais ou menos essa. Pois o Prokofy Neva tem opinião forte sobre o assunto, fui lendo e acabei por descobrir que tem opinião forte (e bastante mal humorada) sobre quase tudo. E prolixa também. O homem escreve que se desunha, com um cinismo bestial, uma descrença total no LL e, pelo meio, não sei se é propositado se é mesmo do mau feitio, um sentido de humor excelente. Ou então é de mim, mas desmancho-me a rir com tudo aquilo.
Enfim, para dizer que vale (mesmo muito) a pena e vai ali para a coluna do lado.

  • Hehe — como antiga Mentora do Prokofy, e uma leitora voraz de tudo o que ele escreve (independentemente de discordar totalmente com ele relativamente à forma como escreve, embora goste do conteúdo), fico satisfeita por haver mais alguém que aprecia o trabalho dele… já que o Prokofy é famoso por estar banido em quase todos os forums, blogs, e sites sobre o SL (incluindo os da própria Linden Lab), visto que se contam pelos dedos das mãos o número de pessoas que gostam do que ele escreve.

    Ironicamente, o Second Thoughts é o blog (independente) mais lido do Second Life, depois do New World Notes (que para todos os efeitos só tem um autor, o Hamlet Au…).

  • Não me admira nada que esteja banido de todo o lado (não sabia que tinhas sido Mentora dele) que o tipo é truculento à brava. E que toda a gente o deteste e leia à mesma (também não sabia disso, que era o segundo blog mais lido do SL). Mas tem piada que me parece também uma questão muito cultural. Ele é completamente politicamente incorrecto, principalmente pela bitola norte americana. Ando-me a passar com comentos em fashion blogs que me apontam (aquele gajedo é tão delicodoce e tão não-me-toques com opiniões escritas de forma mais agressiva) e choro a rir com tanto “comportamento correcto”. Lá está, a forma e o conteúdo. Mas em Portugal, na blogsfera, o Prokovy seria um tipo “com um bocado mau feitio”. Eu gosto imenso do que ele escreve, realmente.

  • “Mau feitio” é o que ele tem mais, mas é impossível odiá-lo por isso 🙂

    Curiosamente, talvez a nossa “tolerância” é que vivemos num país em que “mau feitio” é praticamente uma característica nacional… da qual muitos de nós até se orgulham 😉

    Quanto ao Prokofy, nós os dois temos uma relação amor-ódio 🙂 Ele abomina o espírito europeu das “meias-palavras”, o sarcasmo e a ironia que nunca dizem exactamente o que se pensa, e a forma como não tomamos partido “radical” relativamente a um assunto. É sempre na base do “sim, mas…”. Os “verdadeiros americanos” são directos e não têm falinhas mansas. Vão logo ao assunto e não se esquivam, mesmo que depois sejam ferozmente criticados pelas suas opiniões. Ironicamente, foi este tipo de atitude que faz com que metade da população americana seja positivista, e a restante fundamentalista cristã (o Prokofy é católico, e até julgo que seja praticante). Não há “meios termos” para um americano. É por isso que o Prokofy detesta os europeus, que gostam de compromissos e de ceder um ponto para ganhar dois.

    Gostaria um dia de que ele me desse o privilégio de escrever a sua auto-biografia, que seria a máxima ironia 🙂 De como negociou, em nome da UN, as bases da democracia na Rússia — para depois criticar ferozmente todas as tentativas de “organizações democráticas”, primeiro no Sims Online, depois no Second Life. A vida (real e virtual) dele é feita de paradoxos e contradições — mas depois ele tem só opiniões fortes sobre tudo e não aceita contradições ou argumentos fracos. Discutir com o Prokofy durante várias horas é um desafio à capacidade intelectual de manter o argumento “vivo”. Ironicamente também foi, até agora, a única pessoa do Second Life que, devido à forma como me tratou (relativamente a uma tomada de posição comum), levou-me às lágrimas e à depressão durante quase uma semana — eu, que me orgulho de não sofrer dessas “manias” que estão na moda. Perdoá-lo pelo que me fez foi difícil, mas tornou-me mais forte — isto quando se tem uma educação católica é uma chatice, acabamos sempre por perdoar as pessoas, mesmo que elas não o mereçam 😉

    Enfim. Teria muito que dizer — daria para encher um livro inteiro. Seja como for, é realmente complicado passar por cima de toda aquela verborreia cheia de bílis, ódio, e fúria agressiva, até se chegar ao conteúdo palpável que interessa. E aí o Prokofy tem uma enorme vantagem: estranhamente, tem (quase) sempre razão no que diz.

  • Curiosamente, eu conheço o trabalho dele in-world e não o seu blog…

  • Leilah Nishi

    Eu já passei os olhos pelo blog do Prokofy, especialmente pelas previsões daquilo que irá acontecer no Sl em 2008. Admito que gosto do seu estilo politicamente incorrecto, mas ele parece-me um bocado Velho do Restelo – está sempre tudo mal, são sempre uns incompetentes, etc e tal. Não me passaram despercebidas a mil e uma polémicas em que o nome do Prokofy andou envolvido (adoro um bom escândalo 😀 ).
    Enfim, a ler com mais atenção.

  • Gywn, esses podem até ser os “verdadeiros americanos” mas deve haver poucos, de outra forma o Prokofy não estaria banido de tanto blog e forum…o politicamente correcto já invadiu tudo. Mas é muito curioso tudo isso que contas e que dá uma melhor imagem da criatura (levou-te às lágrimas? de raiva, não? deve ser aquele tipo de pessoa que leva os outros ao desespero total.
    Mas que é uma pessoa interessantíssima é, e os posts dele vão muito para além do SL e dos outros mundos virtuais. Aquele recente sobre a eficácia da “publicidade” na net das desgraças do mundo, dá muito que pensar…e tem pérolas absolutamente geniais como a resposta que deu a uns comentadores (que o que gostava mesmo era de ter comentadores mais inteligentes, mas isto de uma forma absolutamente devastadora).
    Farto-me de rir com aquilo mas deixa-me a pensar. Penso que é dos melhores blogs que conheço, SL ou sem ser SL.

    Ana, não conheço o trabalho dele, para além de saber que é dono de uma data de sims e pedaços de sims que aluga, vende, etc etc.

    Leilah, vale mesmo a pena. E polémica, a gente nem gosta nada…;) E depois, o tipo tem uns truques dos diabos: basicamente escreve tudo aquilo mas é um comerciante que aproveita tudo. Vai ver o profile dele: ele “aluga” o espaço dos picks dele, já que considera que é um dos profiles mais vistos do SL. É demais o tipo. :DDD