Home » 2007 » Agosto

comunidades

Descobri uma nova comunidade SL fora do SL: o twitter. No twitter escrevem-se pequenos textos que são partilhados pelas pessoas que nos seguem. Podemos responder directamente e recebemos respostas divertidas e simpáticas. Adverte-se que pode ser altamente viciante (por ser interessante...). O twitter é mais uma forma de interagir e de participar no SL sem estar in-world. Ora vejam o ...

mass media e SL

Após uns largos meses no metaverso, mantenho a opinião que para ser feita uma reportagem condigna sobre Second Life o jornalista deverá explorar o SL durante, pelo menos, um mês antes de se dedicar à investigação para o artigo. Uma das razões é não ser possível incorporar o processo de socialização em meia dúzia de dias pelo simples facto que ...

Second Life AFK

Away From Keyboard nao se esta' mal. De alguma forma, esta quase pausa no SL (quase porque ligo de vez em quando, mais ou menos de 3 em 3 dias, durante um bocadinho, para ver como estao as coisas) vai dando para pensar na vida. Nao me preocupa muito o facto de termos decidido transferir o sim para a Cat ...

Voz no second life

Nao, nao e' um post sobre que giro que e' ter voz (tem piada, tem). Estou eu a explicar a voz no Second Life a nao-residentes: - Aquilo tem piada! As pessoas falam, iadaiadaiada, depois ha quem so' esteja a ouvir e nao fale, responde em texto, para quem nao ouve, torna-se um bocado confuso, o texto fica sem nexo, mas enfim, ...

Regresso

E está tudo quase na mesma. Ninguém lá vai agora. Só por mero acaso. É, creio, por isto, por esta árvore no céu, que esteve tanto tempo no topo das minhas LM's (até deixar de se poder fazer LM e então era voar até ao limite a tentar lá chegar) que deixamos coisas assim também, jardins no céu, praias ...

Winter Wardhani

Pois é. Ainda transformavamos a nossa Mentor em blogger. Depois de ter experimentado, parece que é para ficar. Bem vinda ao Geta, Winter, agora em full coiso-user-etc-e-tal. :)

O brinquedo e os acessórios

Quando uma pessoa encontra um brinquedo novo ao qual acha piada, brinca um bocado, vira daqui, desaperta dali, abana, inventa umas aventuras, enfim, brinca. Depois o brinquedo novo já está um bocado visto e há que descobrir se tem acessórios. Tem aqui uns, ali outros, uns mais engraçados, outros menos, uma pessoa vá de experimentar os acessórios que acrescentam piada ...