Viver na SL dá muito que pensar sobre a RL. Muitos dizem que o metaverso é um escape à rotina do dia-a-dia, uma forma de concretizar todos os sonhos e fantasias que se escapam na vida a sério; outros dizem que é apenas um jogo, vestir e despir personagens que não passam de zeros e uns.

E porque é que esta reflexão tão profunda viu a luz do dia? Porque ainda há não muito tempo, enquanto a Leilah do SL estava num baile de gala, com um vestido fabuloso da Last Call e um penteado fora-de-série, a bonecreira da Leilah estava na RL… a dobrar meias. Isto é só glamour, como podem ver 🙂 .

Porém, tenho de admitir: se me fosse dado a escolher, mais depressa ficava em casa a dobrar meias do que ia a um baile de gala na RL, porque aí não há teleport que nos valha se quiseremos mudar de ares rapidamente e temos de aguentar os saltos até ao fim da valsa. E assim a SL passa a ser onde se pode experimentar tudo aquilo que alguma vez nos despertou a curiosidade e que não tivemos a oportunidade de experimentar na RL. Passa a ser um sítio onde se desenvolve uma persona que reflecte o nosso eu interior e o acto de construir uma personagem pode ser muito gratificante e criativo.

E por muito que ande de saltos e vestidos de gala, gosto mesmo é sapatilhas e jeans!

slvsrl_004.jpg