Se há coisa que me irrite mesmo nos items (milhares deles), que vamos acumulando e transportando dentro do inventário, é que sejam “no transfer”. Que diabo! Que não se possam copiar ou modificar, eu ainda compreendo, claro: o autor cria aquele objecto daquela forma e não o quer alterado (lembrem-me depois de contar a história do patinho de borracha do Eggy, que é de morrer a rir e ele autorizou-me a colocá-la aqui) ou copiado. Agora, no transfer? Se transferimos um objecto que é nosso, ficamos sem ele, qual é o problema? Há vários items que são transferíveis e é evidente que se os transferimos, os perdemos, mas isso é escolha nossa.
Se queremos oferecer determinada coisa a alguém, porque não? Que coisa estúpida e irritante! E ainda por cima, para o criador, é mau negócio: já estive para comprar várias coisas que gostava de oferecer e não compro por não serem transferíveis. Azar, o que não falta ali é oferta de produtos similares, o mercado é vasto.

(entretanto, em nota mais privada às amigas, aguardem catrefada de vestidos, esses sim, completamente transfer; que assim que puder, começo a enviar para as meninas todas; descobri umas lucky chairs do melhor, queridas, nem imaginam…;))